Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de abril de 2011

Arquivo Particular Barros Cassal

Recentemente acabou de ser reorganizado o conjunto de documentos do Arquivo Particular João de Barros Cassal.  Este importante político, jornalista e liderença da República Velha nasceu em Alegrete, em 1858 e faleceu distante, no Mato Grosso, em 1903.
Embora o nome do conjunto de documentos remeta a um arquivo privado, o acervo não contém documentos pessoais, constituindo-se basicamente do registro de ações diretamente relacionadas às atividades de Barros Cassal na vice-governança do Estado, durante o período de 1892, no denominado “Governicho”.
Não existe um termo de doação dos documentos, sendo provável que sua origem seja a mesma de boa parte do acervo do Arquivo Histórico: documentação originária de um arquivo corrente do Poder Executivo que, por razões diversas, sobreviveu ao descarte.
Os documentos do Arquivo Particular João de Barros Cassal constituem-se de cartas, bilhetes de caráter político, fragmentos de diversos escritos, atas, proclamações, documentos relacionados a eleições e vida política em geral, além de rascunhos de documentos legais. 
Anteriormente, a documentação estava numerada de forma simples, sem descrição
de seu conteúdo e tampouco divisões em séries, o que dificultava a pesquisa, além de não existir o chamado Meio de Busca. Realizou-se, então, uma limpeza nos documentos, seguida por leitura cuidadosa, divisão e descrição.  O estado de conservação dos documentos é bom, levando-se em consideração a fragilidade do seu suporte, o papel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário